segunda-feira, 30 de julho de 2012

Crônicas Desclassificadas: 47) O calcanhar de Ulisses

Oi, gente! Acordei! Bom dia pra todo mundo! É sexta-feira! UHUUUUU!!!

Galera, tive um sonho horrível! Sonhei que morava numa casa no campo, sem telefone, celular, eletricidade, água encanada e, pior, sem internet! Ao meu redor, só o som de pássaros, verde (muito verde! Aaagh!) e cabras pastando. Um inferno! Acordei suado, mas feliz da vida, ao ouvir o som do despertador do meu celular (oi oi oi!).

Escovando os dentes depois de uma boa chuveirada.

Café da manhã sem leite (acabou!)... M... Ainda bem que sobrou um resto de coca-cola na geladeira... Pão com manteiga na coca. Rsrsrs!


Tô saindo pro trampo; daqui a pouco mando notícias!

Droga de trânsito! Assim vou me atrasar! Acidente na avenida Troia!

Cheguei atrasado. Sabia! O chefe me olhou de cara feia. É que ele não pega ônibus, vem de carro com ar-condicionado e ouvindo sua emepebezinha. FDP!

Olha só o que eu encontrei no youtube! Fantástico! Curtam aí!

Putz! O chefe me chamou na sala dele... O que será que ele quer?

Acabo de ser despedido. Meu chefe tava espiando minhas mensagens! Falou que eu não tô produzindo, que tô distraído com a internet e blablablá... Isso devia ser proibido! Cadê a nossa privacidade? Babaca!!!

Arrumando minha mesa. Já tava de saco cheio desse empreguinho de m... LIBERDAAADEEE!

Acabo de brigar com a Penélope pelo celu. Acreditam que ela ficou pê da vida porque fui despedido? Ainda por cima botou a culpa em mim! Vaca!

(Ulisses está solteiro.)

Esqueci o guarda-chuva e começou a cair um toró. Tô ensopado! E esse ônibus que não chega!

Numa cafeteria, bebendo um expresso e vendo os e-mails enquanto a chuva não para.

Liguei pra minha mãe e ela me chamou pra passar uns dias na casa dela, em Ítaca, pra esfriar a cuca. Vou passar em casa e fazer as malas. Adeus, estresse!

Arrumando as malas.

Penélope, minha (ex-)mina me ligou. Ficou puta porque eu botei solteiro no meu perfil e me esculhambou porque eu vou passar uns dias na casa da minha mãe. Não sei mais se vou...

Vou!

Comendo um x-burguer no Terminal Rodoviário Ilíada. O ônibus sai às 13h30.

Ônibus saindo com atraso. 13h45. Bye-bye, São Caos!

Ouvindo Michel Teló no busão. Muito dez! UHUUUUU!!!

Pit stop pro pipi time. São 16h. Ainda faltam duas. Aqui já tá o maior calor! Sabadão promete!

A Penélope ligou de novo. Surtou. Azar o dela!

Chegando na rodoviária de Ítaca! UHUUU!!! Seu Laerte, meu pai, deve estar me esperando.

Lar, doce lar! Banho tomado, esperando o rango da dona Cleia. Nada como a casa da mãe!

(Penélope tem uma relação com...)

Vadia! Não perdeu tempo...

Perdi a fome. Vou dar uma volta pra espairecer.

Com amigos da escola no velho e bom Bar Odisseia de sempre, tomando umas.

...E outras.

Olha essas fotos da gente mutcho loko! Hahaha!

Voltando pra casa da mâmis. Ai, que dor de cabeça!

Não acredito! Meu vizinho me ligou dizendo que minha casa foi assaltada. Fizeram a rapa os FDP! Como eles adivinharam que eu não tava?

(Penélope está num barzinho na Vila Homero.)

(Aquiles: Galera, tô escrevendo pra avisar que o nosso bróder Ulisses foi assassinado no fim da noite de ontem, após reagir a um sequestro-relâmpago numa quebrada de Ítaca, cidade onde moram os pais dele. Que f...!

Joyce curtiu isso.)

***

4 comentários:

  1. Muito bom e mais realista do que possa parecer!!

    ResponderExcluir
  2. Vc já leu o livro que pegou da biblioteca do ZRX, né?...:))))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha! Tô lendo, mas as ideias já tão fervilhando!

      Abraço,
      Léo.

      Excluir